ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Coordenador da prefeitura-bairro do Subúrbio assume Codesal; confira reforma de Neto

por Estela Marques / Ailma Teixeira


Foto: Estela Marques / Bahia Notícias


Com a exoneração de Gustavo Ferraz da Defesa Civil de Salvador (Codesal), o novo diretor-geral do órgão é Sóstenes Macedo, que antes coordenava a prefeitura-bairro do Subúrbio. Ele também já comandou a Superintendência de Conservação e Obras Públicas (Sucop). "Sóstenes foi escolha pessoal", frisa o prefeito ACM Neto (DEM). Ferraz perdeu o cargo após ser preso pela Polícia Federal (PF) devido a sua ligação com o bunker de R$ 51 milhões, ligado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), também preso na operação (saiba mais aqui). Na manhã desta terça-feira (19), o prefeito anunciou algumas reformas administrativas no primeiro escalão de seu governo. Coordenador das prefeituras-bairro, Júnior Magalhães acaba de ser anunciado como novo diretor de Iluminação da Prefeitura de Salvador. "Mostrou grande trabalho pelo seu valor e conhecedor de perto dos problemas de Salvador", ressalta Neto ao explicar a escolha feita. O ex-assessor de gabinete da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Roney Santiago, chegou a ser cotado para o cargo, que pertence à cota do deputado federal João Gualberto (PSDB-BA), mas ele não garantiu a promoção (veja aqui). Para o lugar de Magalhães, o prefeito escolheu um novo nome: Ana Paula Matos. Ela foi servidora da Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps). "Vou oferecer oportunidade as pessoas ais jovens, lição que aprendi em casa com o senador ACM. A pessoa que assume agora a direção-geral é também uma pessoa que exemplifica e representa essa nova geração de servidores dedicados e comprometidos com a questão pública", discursa Neto. Antes à frente da Secretaria de Manutenção da Cidade (Seman), Marcílio Bastos foi convidado a retornar para a Companhia de Desenvolvimento Urbano de Salvador (Desal), órgão que passou por uma reforma administrativa. "Tomamos a decisão de não extinguir a Desal, empresa importantíssima de Salvador. Percebemos que pela flexibilidade e competência da Desal era fundamental que a empresa continuasse existindo", defende o prefeito. No lugar de Bastos, na Seman, assume Virgílio Bandeira, que compôs a Sumac na gestão de Imbassahy como prefeito da capital baiana. Como já anunciado, o antigo diretor da área, Bruno Barral vai assumir a Secretaria Municipal de Educação (Smed) no posto antes ocupado por Paloma Modesto, que retornou para a iniciativa privada (veja aqui). "Agora quero dizer que estou apostando no potencial de Bruno, cara jovem dessa nova geração de homens públicos da cidade de Salvador", afirma Neto. Convidado para o cargo há 10 dias, Barral inicia os trabalhos na pasta nesta terça (19).

Fonte: BN

Nenhum comentário