ÚLTIMAS NOTÍCIAS

FEMINICÍDIO: Acusado de matar a esposa a facadas é preso durante depoimento em Feira de Santana

Foto: Reprodução
Acusado de matar a mulher com golpes de faca, no dia 13 deste mês no bairro Gabriela, em Feira de Santana, Pedro da Silva Paixão, 51 anos, foi preso enquanto prestava novo depoimento na manhã desta sexta-feira (27/10), na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A delegacia solicitou a prisão preventiva e foi atendida pela Justiça.
Segundo a delegada Ludmila Vilas Boas, a polícia tinha a informação de que o acusado pretendia fugir e já estaria fora da cidade, desde que novas intimações foram expedidas e ele não foi localizado nos endereços indicados. A delegada detalhou, ainda, que após ser deixada uma intimação na casa de um familiar, o advogado de Pedro da Silva Paixão compareceu na DHPP, mas não o apresentou e solicitou do que se tratava. “Aí, no dia de hoje  [27/10] retornou, mas a informação é que ele já estava fora de Feira, acho que ficou com medo da [prisão] preventiva”, disse Ludmila.
Questionada mais uma vez se o depoimento do acusado convenceu a polícia, a delegada voltou a afirmar que não acredita na versão, e que ele premeditou o crime, pois já sabia do relacionamento que a esposa mantinha desde dezembro de 2016.
“Foi um crime muito bárbaro. Quem presenciou viu a barbaridade do crime que ele cometeu. As filhas narraram que ele nada falava no momento em que agredia a esposa. Uma das filhas, inclusive, perguntou a ele, ao final dos fatos ‘meu pai, porquê você fez isso?’; a única coisa que ele respondeu às filhas é que estava lavando a honra com sangue”, contou a delegada.
Após ser preso, o acusado alegou para nossa reportagem que nada foi premeditado e que o que ocorreu no dia do crime está relatado ‘nos autos do processo’. Indagado sobre estar sendo levado para o Conjunto Penal de Feira de Santana respondeu: “circunstâncias da vida”.

Informações: Aratu Online

Nenhum comentário