ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Moema pede apoio da Sedur para manter linhas metropolitanas da Orla



A prefeita Moema Gramacho solicitou à secretária de Desenvolvimento Urbano, Jusmari Oliveira, que dialogue com o Governo do Estado para não suspender as linhas metropolitanas que cobrem a Orla da capital enquanto não ficarem garantidas todas as condições de integração com o Metrô e os transportes municipais. “Cortar linhas da Orla pressupõe transtornos para Lauro e para todos os municípios da RMS e portanto precisa ser tudo muito bem articulado para minimizar problemas para os estudantes, trabalhadores, idosos, enfim toda a população”, destacou a prefeita.

O apelo foi feito durante reunião, na tarde desta segunda-feira, no gabinete da secretária. Moema estava acompanhada dos secretários Vidigal Cafezeiro, da Infraestrutura, e José Pires, do Desenvolvimento Urbano Sustentável. A secretária Jusmari Oliveira se comprometeu a discutir a questão com os demais membros do Governo antes desta quarta-feira, data programada para alterações no sistema metropolitano.

Na reunião foi tratado ainda das emendas parlamentares destinadas a pavimentação de ruas e construção de passarelas, e do agendamento para Ordem de Serviço das obras da Estrada de Quingoma e do Hospital Metropolitano. Outro ponto abordado na reunião foram as intervenções no Rio Ipitanga. A SEDUR informou que a CEF está finalizando a análise do contrato com a empresa vencedora do certame para início da obra. 

Moema se informou ainda sobre emendas de sua autoria e de outros deputados para Lauro de Freitas. Cobrou o TAC do Shopping que trata da implantação da segunda Estação do Metrô que será estendida a partir da Estação Aeroporto, também em Lauro de Freitas.

“Foi uma reunião muito positiva. Fiquei muito satisfeita com a atenção de Jusmari Oliveira e de toda a sua equipe, e de sua competência para dar tratamento a todas as grandes obras que o Governador Correria está fazendo, sem esquecer de obras não tão grandes mas tão importantes pros nossos municípios”, afirmou.

Fonte: ASCOM / PMLF

Nenhum comentário