ÚLTIMAS NOTÍCIAS

“ESQUEMA DE FÉ”: Polícia Federal investiga golpes financeiros aplicados por pastores evangélicos

Foto: Divulgação/Polícia Federal


Do Aratu Online

Uma investigação da Polícia Federal (PF) identificou esquemas armados por pastores evangélicos para beneficiar uma organização criminosa que lesionou pelo menos R$ 25 mil pessoas em todo o país. Os golpes milionários eram aplicados por uma instituição financeira clandestina, que enganava os fiéis afirmando que eles teriam “lucros exorbitantes” em negócios falsos, como “ouro do império” e antigas “letras do Tesouro Nacional”. A operação foi intitulada “Operação Ouro de Ofir”.

Para aplicar os golpes, os criminosos se aproveitavam da fé das pessoas, reforçando a crença do enriquecimento rápido e legítimo, afirmando que tal coisa seria “presente de Deus aos fiéis”. Segundo delegado responsável pela operação, Guilherme Farias, “muitas pessoas não estão interessadas em entender, pensar ou se informar, só estão interessadas em acreditar.” Os fiéis pagavam pelo menos R$ 1 mil aguardando grandes lucros que nunca chegavam.

Com a investigação, os policiais descobriram que o grupo utilizava as redes sociais para divulgar as “oportunidades” do negócio ilegal. Para fazer parecer real, pessoas denominadas “corretores” postavam informações em grupos, juntamente com os supostos”investidores”.

Durante operação, uma pessoa já foi alvo de prisão temporária. Sidiney dos Anjos Peró é apontado como um dos líderes do esquema e também responsável por montar a fraude junto com pastores evangélicos. O caso continua sob investigação.

Nenhum comentário