ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Gilmar Mendes manda soltar Adriana Ancelmo

Na mesma decisão, ministro do STF substituiu prisão preventiva da mulher de Sérgio Cabral por recolhimento domiciliar

Foto: Alexandre Brum / Agência O Dia

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar nesta segunda-feira (18) Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB).
Segundo informações do G1, na mesma decisão, Gilmar Mendes substituiu a prisão preventiva por recolhimento domiciliar. 
Operação Calicute
Adriana foi presa pela primeira vez em dezembro do ano passado, no âmbito da Operação Calicute, mesma operação que levou seu marido para a prisão. A Operação Calicute é um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro. 
Até o mês passado, Adriana Ancelmo cumpria prisão domiciliar, mas, por decisão do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), teve de retornar à cadeia.
Em setembro deste ano, ela foi condenada a 18 anos e 3 meses de prisão pelo crime de lavagem dinheiro e por ser beneficiária do esquema de corrupção comandado por Sérgio Cabral. As informações são do G1.

Nenhum comentário