ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PESQUISA: Mais que a maioria das pessoas com dores intensas nos pés não saem de casa pelo menos uma vez no ano

70% das pessoas com dores intensas nos pés não saem de casa pelo menos uma vez ao ano


Uma pesquisa feita com 3.316 brasileiros revelou que quanto mais dores nos pés as pessoas têm, pior é sua saúde como um todo. O levantamento também revelou que quem sofre com dores intensas, ao menos uma vez ao ano não sai de casa, tamanha limitação.

As dores intensas correspondem a uma redução de mais de 27% na percepção da saúde e 17% dos brasileiros relatam essa intensidade de sintoma. "Vimos que o bem estar das pessoas tem muito a ver com os pés, que além de serem a base do corpo, nos levam para todos os lugares" aponta o coautor da pesquisa

"O sofrimento das dores intensas nos pés faz com que as pessoas pratiquem menos exercícios. Esse sofrimento cria tristeza, e até impede que muitas saiam de casa. Identificamos que 70% das pessoas com dores intensas deixaram de sair de casa pelo menos uma vez ao ano, tamanha intensidade" conclui Case, que também é fundador da Pés Sem Dor.

A longevidade e o desejo por viver mais também são afetados: quem tem dores intensas, em média quer viver 3 anos menos do que quem não tem dores.

"Saúde e qualidade de vida: a relação com os pés, tornozelos e joelhos" foi finalizada em novembro de 2017 e traz ainda dados sobre doenças crônicas e características dos pés, tornozelos e joelhos dos brasileiros. Dicas de prevenção ou alívio de dores estão disponíveis em www.pessemdor.com.br

A pesquisa foi desenvolvida pela Pés Sem Dor e ser lida na íntegra em pessemdor.com.br/a-empresa/pesquisas/saude-e-qualidade-de-vida-a-relacao-com-os-pes-tornozelos-e-joelhos/

A Pés Sem Dor é a primeira a confeccionar palmilhas ortopédicas sob medida em escâneres e impressoras 3D. Foi criada em 2009 pelo americano Thomas Case, que também é fundador da Catho. Possui 28 pontos de atendimento por todo Brasil que realizam exames gratuitos. Já atendeu mais de 70 mil pessoas e conta com parceiros na Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e China. 

Fonte: Segs

Nenhum comentário