ÚLTIMAS NOTÍCIAS

SALVADOR: Sobe para 60 número de macacos capturados com suspeita de febre amarela

Do Aratu Online
Foto: Reprodução
Desde o início de janeiro, 60 macacos – 55 mortos e cinco vivos – foram capturados em Salvador para realização de exames laboratoriais de detecção da febre amarela. Os materiais coletados dos animais na capital baiana já foram encaminhados para o Laboratório da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) do Rio de Janeiro, referência nacional para esse tipo de análise, para investigação da causa dos óbitos. Em 2017, foram registrados 13 macacos com confirmação de febre amarela em Salvador.

Após a identificação dos macacos com suspeita do agravo, equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) são destacadas de imediato para os locais onde os bichos foram encontrados para realização do bloqueio espacial com borrifamento de inseticida, com o intuito de eliminar possíveis mosquitos infectados.

Vale ressaltar que os macacos, assim como os humanos, são vítimas da febre amarela.

IMUNIZAÇÃO

A vacina está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, nas 126 unidades básicas da rede municipal. O Ministério da Saúde afirma que a vacina é contraindicada para crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Para estes grupos, a orientação é que a pessoa busque ajuda médica, cujo profissional de saúde avaliará o benefício e o risco da vacinação, levando em conta o risco de eventos adversos.

Nenhum comentário