ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Grávida dá à luz em plena recepção do Hospital Geral Roberto Santos

Aratu Online
Atualizado em 26/04/2018 às 9:25

Foto: Aratu Online
Descaso. É a palavra que resume a situação vivida por um gestante na manhã desta quinta-feira (26/4), no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), no Cabula. Em trabalho de parto e sem contar com atendimento, a mulher deu à luz em plena recepção da unidade médica. Ela contou com a ajuda e solidariedade de outra gestante, que, também, aguardava por atendimento.
]
“Fui para o Hospital porque estava achando que meu bebê não se mexia. Cheguei lá e me deparei com a situação. Ela gritava e ninguém a socorria. Eu levantei da cadeira, mandei ela fazer força, porque estava saindo mesmo. Fui ajudando o bebê a sair, peguei e fiz massagem para o bebê chorar. Depois que ela chorou, vi que era menina, mas nada de enfermeira ou médico”, narra a mulher, que preferiu não se identificar.

Moradora de Sussuarana e grávida de 36 meses, a ‘salvadora da pátria’ está prestes a se formar em enfermagem e se mostrou bastante chateada com a situação. “Achei um descaso do Hospital Geral Roberto Santos”. Procurada pela reportagem da TV Aratu, a assessoria de imprensa da unidade de saúde se pronunciou, em nota, sobre o caso. Leia abaixo, na íntegra:

“Na tarde de ontem, a gestante esteve no Hospital Roberto Santos para última consulta antes do parto. Hoje, cedo, já chegou em período expulsivo e, por isso, nem passou pelo atendimento com classificação de risco. Não deu tempo nem de abrir ficha. Imediatamente, a equipe foi acionada, mas o bebê não esperou e nasceu antes dos profissionais chegarem. Ambos, mãe e filha, passam bem”.

Nenhum comentário