ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Integrantes do Renova OAB realizam encontro para diagnosticar problemas da advocacia trabalhista

Da Redação
Atualizado em 05/09/2018 ás 00:45

Banner: Divulgação
O movimento Renova OAB, grupo formado por advogados e advogadas preocupados com os rumos da advocacia na Bahia e insatisfeitos com as omissões históricas da OAB-BA na defesa da classe, promoverá nesta quarta-feira, dia 5 de setembro, um encontro em Salvador para diagnosticar e debater os principais problemas da advocacia trabalhista. A ação faz parte de uma série de encontros setorizados que buscam construir soluções de forma conjunta e participativa.

Os integrantes do movimento se reunirão às 19h, no auditório do edf. Lena Empresarial, na av. prof. Magalhães Neto. “Preocupados em diagnosticar os principais problemas e desafios de cada um dos campos de atuação da advocacia, nós decidimos realizar encontros setorizados por áreas para que possamos ouvir as demandas de cada profissional que atua especificamente na sua área. É mais uma ação importante que o Renova OAB realiza, sempre de forma participativa e democrática”, ressalta o advogado criminalista e professor da Ufba Gamil Föppel, pré-candidato à eleição da OAB pelo movimento.
Foto:Reprodução
Para a advogada Laila Hage, que atua na área Cível, existem demandas que são coletivas e atingem a classe de forma mais ou menos igualitária. “No entanto, existem outros pontos que atingem os advogados e advogadas de forma setorizada, a depender da área de atuação justamente porque ela ocorre em diferentes tribunais. Para acompanhar melhor esta situação, o movimento precisa estar conectado com cada um desses setores e buscar, com as pessoas que estão expostas a essa realidade de forma rotineira, que elas possam levantar esses problemas e nos trazer para construirmos juntos potenciais soluções”, afirma.

A advogada Aline Batista, uma das lideranças do movimento e que atua na área Administrativa, conta que a ideia de fazer encontros setorizados partiu dos próprios advogados e advogadas que integram o Renova OAB. “É preciso trazer para o movimento não apenas as soluções mas principalmente poder compreender quais são exatamente os problemas que os setores diversos da Advocacia Baiana têm enfrentado. Diante disto, optamos por fazer de setembro um mês de estímulo a este debate. Essa necessidade foi verificada no nosso último encontro quando os advogados e advogadas relataram que estão cansados de festas e que a classe precisa ser vista com a seriedade que merece”, pontua.

Foto:Reprodução


Nenhum comentário