ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em Portão, 8ª Caminhada da Cultura da Paz arrastou multidão pelas ruas do bairro

Por Mariana Cedrim


Fotos: Lucas Lins
Foram cerca de 7 mil pessoas reunidas para levar mensagem de paz pelas ruas do bairro de Portão, neste domingo (7). Vestido de branco e ao som da Banda Pegadeira, o público da 8ª Caminhada da Cultura da Paz de Portão desfilou a alegria durante todo o circuito, que começou na Escola Municipal Pedro Paranhos e foi até o terminal de ônibus.

À medida que o trio ia passando mais pessoas se juntavam ao movimento para pedir paz. Outras pessoas optaram por ficar em seus “camarotes particulares”, nas varandas, sacadas e lajes. Mas não deixavam de contribuir com a animação. “Não perco nenhum ano, hoje estou mais cansada, preferi assistir da porta de casa, mas não podia ficar de fora. Sempre é tempo de pedir paz”, destacou Maria José.
Fotos: Lucas Lins
A prefeita Moema Gramacho, que participou da caminhada junto com a comunidade, falou sobre a importância das pessoas estarem reunidas, em harmonia, por uma causa tão nobre que consagra mais um movimento popular de um bairro que é muito rico culturalmente. 

Para Flávio Conceição ou Flávio Pegadeira, vocalista da banda, a caminhada vai além da música. “É o momento de amplificar a voz das ruas, deixando mensagens de paz. A cada parada, os artistas vão expressando sua arte, seja através das letras das músicas, dos versos e poemas, da dança e performances criadas especialmente para esse dia de festa e cidadania”.

Fotos: Lucas Lins
A Caminhada da Cultura da Paz de Portão surgiu em 2012, quando a Banda Pegadeira resolveu usar a música como forma de combater a violência na comunidade. Assim como nos outros sete anos de realização, o evento foi tranquilo, de acordo com informações da Polícia Militar. Além de levar a mensagem de Paz pelas ruas do bairro, a caminhada arrecadou alimentos que serão doados a moradores carentes do bairro de Portão.






Nenhum comentário