ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Lauro de Freitas prorroga força-tarefa por mais 30 dias para combate ao coronavírus

Por Laerte Santana
Foto:Lucas Lins
Uma das estratégias mais eficazes no combate ao novo coronavírus, a Força-Tarefa da Prefeitura de Lauro de Freitas foi prorrogada por mais 30 dias. A medida permite dar sequência às ações de fiscalização do cumprimento, por parte de estabelecimentos comerciais e de pessoas em circulação externa, de medidas adotadas pela administração municipal. Nesta segunda-feira (4), servidores de seis secretarias e órgãos vinculados definiram as atividades prioritárias para a nova fase. A Prefeitura concluiu a primeira missão com 667 fiscalizações realizadas.

A nova fase de fiscalização, que prorrogou o decreto nº 4.609 até o dia 7 de junho, será intensificada nas agências bancárias e casas lotéricas por serem locais onde o número de pessoas em busca dos serviços tem aumentado, assim como nos supermercados, bares, restaurantes e equipamentos esportivos. Demais estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar também serão fiscalizados. Equipes de conscientização serão somadas aos fiscais urbanos envolvidos na força-tarefa, a fim de ampliar as ações que buscam minimizar a proliferação do vírus da Covid-19.

Entre as 667 fiscalizações já realizadas pela Prefeitura Municipal, 449 estabelecimentos comerciais foram notificados e outros 13 interditados por descumprirem medidas de combate ao coronavírus. A fiscalização da Força-Tarefa ainda manterá equipes nas ruas para fazer cumprir os decretos que determinam o uso obrigatório de máscaras por pessoas em circulação externa e outras medidas como a limitação de vagas de estacionamento de supermercados, hipermercados, atacadistas, além de restrições de funcionamento e normas para evitar aglomerações.

O grupo da Força-Tarefa, criado na primeira semana de abril, é composto por servidores das secretarias de Desenvolvimento Urbano (SEDUR), Serviços Públicos (SESP), Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP), Saúde (SESA), Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos (SEMARH), Procuradoria Geral (PGM) além das Vigilâncias Sanitária e de Saúde do Trabalhador, e o PROCON Municipal. No município, atividades de fiscalizações estratégicas de enfretamento a pandemia ocorrem desde o dia 19 de março.

Foto: Danilo Magalhães

Nenhum comentário