ÚLTIMAS NOTÍCIAS

População aprova medida de controle de circulação noturna em Lauro de Freitas

por  Laerte Santana
Foto Lucas Lins
“No momento, a única vacina que temos é o isolamento social. Precisamos fazer acontecer as medidas de prevenção para que em breve possamos estar livres do vírus e podermos voltar à normalidade”. Este é o pensamento de Naiara Gatto, moradora do bairro de Vida Nova, sobre a medida de controle de circulação noturna adotada pela Prefeitura de Lauro de Freitas. Nesta terça-feira (19), a Operação de Segurança concluiu o quinto dia da fiscalização nos espaços e vias públicas da cidade.   

Segundo Naiara, foi possível perceber uma redução de movimento nas ruas após o inicio da Operação de Segurança montada pela Prefeitura. “Acredito que esta é uma medida acertada, principalmente, para aquelas pessoas que ainda não tinham consciência da gravidade do problema”, considerou a mãe de dois filhos. Na fiscalização, no período das 20h às 5h, as equipes realizaram 198 abordagens veicular e 35 de pessoas que permaneciam em vias públicas.

Os bloqueios nas entradas da Estrada do Coco (Km-1 e Km-7,5) foram mantidos para orientar condutores e passageiros de veículos sobre a necessidade do distanciamento social. Um terceiro ponto de abordagem foi montado na rotatória do bairro de Ipitanga, próximo ao Centro Pan-Americanos de Judô. As incursões da operação de segurança fizeram rondas por todos os bairros de Lauro de Freitas. O maior número de pessoas em trânsito durante o horário de restrição foi constatado em Portão e no Parque Santa Rita – Itinga.

Morador do Residencial Dona Lindu, mestre Gerson da Capoeira ressalta que o horário de controle de circulação noturna poderia ser antecipado. “Essa é uma medida correta e que deveria até começar mais cedo. A população precisa entender que ficar em casa é o melhor remédio. Ultimamente eu tenho feito vídeos das minhas aulas de capoeira e mando para meus alunos junto com mensagens de conscientização”, contou. A medida do período de restrição, estabelecida pelo decreto nº 4.623, segue até o dia 24 de maio.

Gilmar Mendonça, morador de Areia Branca, também relata que os comboios da operação de segurança deveriam fazer as rondas mais cedo. “Muitos ainda estão desacreditados e só levam a sério quando acontece um caso na família. Aqui no bairro já passou o carro de som com o alerta, as equipes fazendo o trabalho de desinfecção e fiscalização durante dia. Tudo isso pra dizer que é uma situação séria e que precisamos ficar em casa”, ponderou. Gilmar ainda contou que ajuda vizinhos idosos com tarefas para evitar que saiam às ruas.

Notificação

Durante a operação do quinto dia, moradores da Rua Pataro Machado, no Centro, denunciaram uma construtora que realizava obras de um empreendimento durante o horário de restrição.  O motivo denunciado através do telefone 156 do Centro de Mobilidade Urbana (CIMU) também se deveu ao barulho de caminhões que faziam o serviço de concretagem.
Equipes da operação de segurança foram até o local e emitiram uma notificação por emissão de sonoridade e execução de trabalho não essencial durante o horário da medida restritiva. Trabalhadores encontrados no empreendimento interromperam o serviço após a abordagem e se direcionaram para suas casas.

Operação de Segurança

As equipes da Operação de Segurança são compostas por agentes fiscais da Força-Tarefa de seis secretarias da Prefeitura Municipal e por membros policiais da 52ª e 81ª CIPM, das delegacias municipais, Corpo de Bombeiros, COE, além da Guarda Municipal e Ronda Escolar. O controle de circulação noturna, estabelecido das 20h às 5h do dia seguinte, é uma medida decretada pela Prefeitura de Lauro de Freitas para diminuir a proliferação do novo coronavírus.

Nenhum comentário