ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Zona crítica da Covid-19, NYC decide acabar com toque de recolher imposto por protestos

Foto: Reprodução / GloboNews

Bill de Blasio, prefeito da cidade de Nova York, um dos locais mais afetadas pela pandemia do novo coronavírus no mundo, anunciou em seu perfil no Twitter, neste domingo (7), a suspensão do toque de recolher com efeito imediato. 

De acordo com o G1, a medida imposta durou quase uma semana e foi implementada após o aumento de arrombamentos e saques de lojas. As empresas, que estavam fechadas por conta da pandemia, foram saqueadas por pequenos grupos, em meio aos protestos antirracistas em sua maioria pacíficos. 

A suspensão do toque de recolher, que durava de 20h até 05h, ocorre na véspera da flexibilização de parte das atividades do estado de Nova York. O plano de reativação da economia entrará no estágio um, após um período de dois meses em que a região registrou 21 mil mortos pela Covid-19. 

Os efeitos da suspensão do toque já foram sentidas no último sábado (6). Ao contrário dos dias anteriores, manifestantes não entraram em confronto com a polícia por estarem desrespeitando o recolhimento. 

As marchas massivas, vale lembrar, são em protesto pela morte de George Floyd, homem negro morto asfixiado em uma ação truculenta de um policial branco no estado do Minnesota. Há duas semanas, as manifestações têm ocorrido em diversas cidades americanas e também em outros pontos do globo.

Nenhum comentário