ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Ensino superior deverá ser primeiro a retornar em Salvador, adianta Rui Costa

Foto: Divulgação / GOVBA

Ainda em discussão sobre o protocolo de retorno das aulas, o governador Rui Costa (PT) e o prefeito ACM Neto (DEM) devem "tomar alguma posição" nesta semana. O prazo foi anunciado pelo petista, ao ser questionado sobre o assunto durante vistoria das obras do tramo 3 da Linha 1 do Metrô de Salvador, na manhã desta segunda-feira (26).

Na ocasião, ele adiantou que as faculdades e universidades deverão ser as primeiras a garantir liberação para as aulas presenciais. "Devemos fazer um processo de forma escalonada. Inicialmente, nós pretendemos retornar ou liberar pra retornar o nível superior, deixar rodar uma ou duas semanas pra ver o completamente e depois ir gradualmente liberando", afirmou o governador, ressaltando que cada instituição terá liberdade para definir seu calendário a partir da autorização para reabrir as portas.

Após o retorno do ensino superior na modalidade presencial, o segundo nível do protocolo deve autorizar a retomada de aulas para os níveis médio e técnico.

O setor da educação, assim como diversos outros, foi obrigado a suspender as atividades presenciais em meados de março, quando as primeiras medidas de combate à pandemia foram adotadas pelos governos estadual e municipal.

"Devemos fazer um processo de forma escalonada, inicialmente nós pretendemos retornar ou liberar pra retornar o nível superior, deixar rodar uma ou duas semana sora ver o comportamento e depois ir gradualmente liberando", disse Rui. Cada universidade faculdade definirá seu cronograma e tem autonomia pra definir sua volta. Primeiro grupo a ser liberado será as universidade, nível superior. Na sequência, o segundo grupo será de nível médio e nível técnico.

Nenhum comentário