DESTAQUE

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Feira livre leva alimentos saudáveis à Praça Martiniano Maia nesta sexta (6)


Quem busca alimentos orgânicos e de procedência não pode ficar de fora da Feira Livre da Praça Martiniano Maia, que ocorre exclusivamente às sextas-feiras, das 8h às 14h. O comércio, que fortalece a economia local e agricultura familiar, abriga 15 profissionais vinculados à Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (SEMDESC).

No local é possível encontrar folhas, raízes, frutas, verduras, ovos de galinha caipira, além de artesanato e plantas diversas. Se de repente a fome bater, não é necessário esperar chegar em casa para desfrutar das delícias vendidas no local. Lá existem barraquinhas com saborosos lanches para agradar a todos os gostos.

A iniciativa foi fortalecida há quatro anos com três principais objetivos: fomentar a economia local, evidenciar o potencial da agricultura familiar da cidade e incentivar o consumo de alimentos saudáveis aos munícipes.

Como estratégia para impulsionar a agricultura familiar e incentivar as mulheres do campo, a pasta realizou uma parceria com o Governo do Estado, através do ATER Mulheres, que no município beneficia 50 famílias, para dar apoio diferenciado ao trabalho feminino na área rural.

Tito Coelho, titular da pasta, explicou que o projeto tem por objetivo atender as especificidades do trabalho desenvolvido por mulheres, através de assistência técnica e outras ações, considerando a visão das agricultoras sobre a unidade produtiva familiar, cuidado com os recursos naturais e a produção de alimentos saudáveis.

“Nós também vamos colocar em prática o projeto Horta Comunitária. Com ele, o pequeno agricultor vai plantar e comercializar o seu produto. O projeto vai beneficiar, principalmente, as famílias referenciadas da nossa rede socioassistencial”, antecipou o secretário.

O gestor explicou que o projeto será colocado em prática assim que o período chuvoso passar.

Jornalista: Aina Soledad
Foto: Maina Diniz