DESTAQUE

quinta-feira, 18 de novembro de 2021

Novembro negro: live, alvorada e amarração dos Ojás marcam a sexta-feira (19), em Lauro de Freitas



A importância de discutir ações de combate ao racismo e a intolerância religiosa, os avanços na luta do povo negro e a celebração da cultura afro-brasileira foram intensificadas em Lauro de Freitas durante o Novembro Negro. Nesta sexta-feira (19) acontecerá a live intitulada “Saúde da população negra: perspectivas e desafios”, às 10h, no canal do YouTube da Prefeitura Municipal. Logo depois, às 16h, será a vez do encontro dos povos e comunidades tradicionais, alvorada e amarração dos Ojás, no Terminal Turístico Mãe Mirinha de Portão.

A transmissão ao vivo, que abordará as principais doenças que acometem o povo negro e debaterá outros temas importantes acerca da saúde desta parcela da população, contará com a participação da Coordenadora do Comitê Técnico Estadual de Saúde da População Negra, Ubiraci Matildes de Jesus; Iris Neide da Natividade, membro da coordenação e controle e avaliação do serviço de saúde; Gilmara Bittencourt, pesquisadora da temática de Gênero, raça e políticas de saúde; além de Cláudio Reis, coordenador de ações programáticas e estratégias da Secretaria Municipal de Saúde de Lauro de Freitas (Sesa).

Resistência e luta contra o preconceito darão o tom da amarração dos Ojás. Segundo Aline Oliveira, superintendente de Promoção da Igualdade Racial, o momento será também para dizer um basta ao racismo religioso. “É um ato de afirmação da ancestralidade e de reafirmar a paz e amor ao próximo”, ressaltou. Ela comentou ainda que o Novembro Negro é para atender a diversidade social e identitária do município. “Compreendemos que precisamos atender a essa diversidade, no sentido de evidenciar a nossa pluralidade cultural, porque a gente entende que o combate ao racismo também está interligado a evidência dessas diversidades”, completou.

A agenda especial do mês da consciência negra tem como tema “Territórios de Identidades: Resistência Ancestral” e conta com uma série de atividades online e presenciais. Com início no último dia 12, as ações seguirão até o dia 30 com diversas realizações, como: a Live da Resistência – A Cor da Cidade, Bate Papo com Mestres de Capoeira, roda de capoeira, expoafro e mais.

A agenda especial do Novembro Negro em Lauro de Freitas é promovida pela Secretaria Municipal de Políticas Afirmativas, Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Racial (SEPADHIR), por meio da Superintendência de Promoção da Igualdade Racial, com apoio do Conselho de Promoção de Igualdade Racial do município.