DESTAQUE

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Decolar.com é acusada de manipular preços e enganar consumidores


A maior empresa de vendas de passagens e hospedagens on-line da América Latina, o Decolar.com, está sendo acusada de manipular preços de diárias de hotéis. Os valores seriam definidos de acordo com a origem geográfica do usuário.

O Ministério Público do Rio de Janeiro entrou com uma ação na 7ª Vara Empresarial do Rio após 18 meses de investigações. De acordo com o blog de Lauro Jardim, os procuradores fizeram compras simultâneas no Brasil e na Argentina no dia 4 de maio de 2016 para acomodações idênticas durante as Olimpíadas do Rio.

Ofertas liberadas para os argentinos estavam bloqueadas para brasileiros, o que demonstra a manipulação. As transações foram feitas por tabeliães em cartórios de notas da capital fluminense e em Buenos Aires. Outro ponto notado é que, quando as ofertas eram abertas para os dois clientes, os preços cobrados para os brasileiros eram até 30% maiores que os cobrados para quem estava na Argentina.

O teste foi repetido no ano seguinte, mostrando que os valores oferecidos a quem estava no Brasil eram até 49% maiores.