AGORA EM LAURO

sexta-feira, 1 de abril de 2022

Localizado homicida apontado como líder do tráfico em Portão


Um homem com mandado de prisão por homicídio, considerado líder do tráfico de drogas no bairro de Portão, em Lauro de Freitas, e com diversas passagens por comércio de entorpecentes foi preso em flagrante, na noite de quinta-feira (31). A ação foi realizada pela 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Lauro de Freitas), durante a operação “Bairro Seguro”.

Os policiais passavam pela rua Queira Deus, no bairro de Portão, quando avistaram um grupo armado, realizando o tráfico de drogas. “O bando atirou contra as guarnições, houve confronto e depois fuga. Dando continuidade ao trabalho de contenção, um deles foi alcançado”, disse o comandante da unidade, major Everton Monteiro, acrescentando que havia um mandado de homicídio contra o capturado.

Com o criminoso foram apreendidos 116 porções de drogas (cocaína, maconha e crack), 49 munições e um carregador de calibre 40, R$ 155, dois celulares e um carregador portátil, uma fita e uma pochete.

De acordo com a titular da 34ª Delegacia Territorial (DT) de Portão, delegada Andrea Barreto Arraes, o flagranteado é de alta periculosidade, apontando como líder do tráfico de drogas de Portão, além de possuir inúmeras passagens de pelo mesmo crime e ter envolvimento com homicídios na região.

Mais um flagrante na operação “Bairro Seguro”

Uma tentativa de assalto foi frustrada pela 52ª CIPM, na Avenida Praia de Tramandaí, em Vilas do Atlântico. Militares passavam pelo local, quando avistaram uma dupla de moto, se aproximando de uma mulher. Rapidamente os policiais impediram a ação criminosa.

“O condutor da motocicleta fugiu, mas o carona, que estava armado com um revólver calibre 32, foi alcançado. Ele confessou que assaltaria a transeunte”, disse o comandante, informando que havia informações de que os mesmos estavam praticando roubo naquela região há mais de uma semana.

O criminoso e os materiais apreendidos foram apresentados na 23ª DT/Lauro de Freitas, onde foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Fonte: IB