AGORA EM LAURO

sexta-feira, 12 de agosto de 2022

Willian confirma que vai deixar o Corinthians: 'Abro mão de tudo o que tenho para receber'

Foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

O meio-campista Willian confirmou que vai deixar o Corinthians. O jogador tem contrato com o Timão até o final de 2023, no entanto está disposto a abrir mão dos valores que teria a receber até o encerramento do vínculo.

"Abro mão de tudo o que tenho para receber", declarou em entrevista à ESPN Brasil.

Willian está de saída do Timão após eliminação na Libertadores para o Flamengo, na última terça-feira (9), pelo placar agregado de 3 a 0. O atleta não joga mais pela equipe e não estará em campo no Dérbi contra o Palmeiras, no próximo sábado (13), às 19h, na Neo Química Arena, pela 22ª rodada do Brasileirão. Ele retornou ao Parque São Jorge em setembro do ano passado cercado por muita expectativa e admitiu decepção com seu desempenho. Ele atuou em 45 jogos e marcou um gol, mas conviveu com problemas de lesões.

"Sei que meu desempenho não foi o que eu esperava, mas nunca fui jogador de fazer 20 ou 30 gols por temporada", comentou.

Willian já vinha demonstrando insatisfação com a vida no Brasil. Há cerca de um mês, ele comunicou à diretoria paulista que desejava deixar o clube alegando questões familiares. O atleta recebeu ameaças nas redes sociais, o que deixou a esposa preocupada. Além dele, suas filhas também foram vítimas de ofensas.

De acordo com o site ge.globo, Willian recebeu sondagens do Fulham e espera que as negociações avancem nos próximo dias. Ele deseja voltar para a Inglaterra, país onde passou a maior parte da carreira defendendo o Chelsea e, no final, o Arsenal.



Eliminado da Libertadores, o Corinthians também vai decidir a vida na Copa do Brasil. A equipe perdeu para o Atlético-GO por 2 a 0, no jogo de ida das quartas de final, e precisa vencer por três gols de diferença para seguir no torneio. A volta está marcada para a próxima quarta (17), às 21h30, na Neo Química Arena. No Brasileirão, o Timão é o segundo colocado com 39 pontos, seis a menos do que o líder Palmeiras.