AGORA EM LAURO

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Equipes da Embasa e Seinfra realizam visita técnica em diversos pontos de Lauro de Freitas Caixa de entrada

Texto - Iana Silva 

  

Foto - Danilo Magalhães

As equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) e da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) vistoriaram algumas ruas e avenidas de Lauro de Freitas, nesta terça-feira (24). A visita técnica teve o objetivo de solucionar os problemas na malha asfáltica, ocasionados por obras administradas pela Embasa. Os técnicos passaram por alguns trechos de Vilas do Atlântico, como a Avenida Praia do Guarujá e a Rua Praia de Copacabana. Também estiveram nas Avenidas Beira Rio e Amarílio Tiago dos Santos, no Centro; e Avenida Santo Amaro de Ipitanga, em Vida Nova.O secretário de Infraestrutura do município, Roque Fagundes, explica que essas ações externas já são feitas de forma rotineira, mas neste ano, serão intensificadas, com o intuito de dar mais celeridade às resoluções dos problemas identificados.

Segundo o gestor, essa é a primeira visita feita junto à Embasa, para solicitar a reparação de alguns trechos com recalque no asfalto. “A gente sempre realiza visitas in loco, mas sentimos a necessidade de intensificar essa fiscalização. Toda obra é passível de causar transtornos e algumas falhas. Como estas obras são da Embasa, nós nos dirigimos diretamente à EMBASA para que ela intervenha com a empresa contratada que executa o serviço para fazer as correções necessárias”, comentou.

Durante a visita, os técnicos conheceram de perto alguns problemas que já tinham sido informados, através de relatórios e comunicados emitidos pela gestão municipal. A analista de saneamento da Embasa, Tais Meireles, destaca que diversas obras importantes estão sendo feitas no município e, com isso, se faz necessária a realização de vistorias. “As visitas são extremamente importantes pra gente conhecer os pontos que precisam de melhoria. Vamos nos reunir internamente, verificar a situação dos contratos, para então solicitar os devidos reparos”, disse.