AGORA EM LAURO

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

Estratégia baiana de ampliação de cirurgias eletivas é apresentada para Secretaria de Saúde de Sergipe



O Programa Estadual de Ampliação ao Acesso às Cirurgias Eletivas da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) servirá de inspiração para o Governo de Sergipe. Uma equipe da Secretaria de Saúde de Sergipe esteve na sede da Sesab nesta quarta-feira, onde pode conhecer todo o fluxo da iniciativa baiana.

Com cerca de 105 mil cirurgias realizadas desde março de 2022, na ação estão sendo disponibilizadas mais de 45 tipos de procedimentos como cirurgias de catarata, remoção de mioma, útero, vesícula, histerectomia, hérnias inguinais, umbilical, epigástrica dentre outros, nas especialidades de cirurgia geral, ginecologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, urologia, cirurgia vascular, dentre outras, levando atendimento de qualidade para quem mais precisa.

Para a realização de todos esses procedimentos, além das estruturas de unidades hospitalares, foi adotada também uma estratégia itinerante, o que permitiu viabilizar a realização dos exames pré-operatórios e anatomopatológicos em localidades que não contavam com prestadores de serviço credenciados.

Com um investimento superior a R$ 147 milhões, o Mutirão de Cirurgias Eletivas tem como objetivo zerar a fila de procedimentos que tiveram a demanda represada durante a fase mais crítica da pandemia da Covid-19. Para a realização da ação, o Governo da Bahia publicou no Diário Oficial do Estado um edital contemplando os 417 municípios, onde ficou determinado o credenciamento de prestadores de serviços de saúde com recursos para realização de cirurgias eletivas, com base na estratégia de ampliação do acesso aos procedimentos.

“Esta troca de conhecimento, de vivência de um Programa tão importante para o atendimento à população e do processo de planejamento da gestão em saúde de forma estratégica e eficiente, contribui para o fortalecimento do SUS”, afirmou a Superintendência de Gestão dos Sistemas de Regulação da Atenção à Saúde, Jerusa Marins

De acordo com o Superintende de Assuntos Estratégicos do Gabinete da Secretaria da Saúde de Sergipe, Vinicius Vilela, o programa da Bahia está inspirando o projeto de Sergipe. “Nós já temos o arcabouço, mas foi muito importante esta troca de experiência para podermos afinar o nosso projeto, adaptando a nossa realidade do estado”, afirmou.

A comitiva sergipana conheceu ainda a Central Estadual de Regulação.